Minha saga com cabelo roxo.

Leia mais

Decor: Parede de Tijolinhos + Inspirações.

Leia mais

Mantendo o leitor mais tempo no blog!

Leia mais

16 outubro 2013

Entre Aspas #1



"De repente o som ecoa pelos corredores da UTI. O terror implode minha face e a expressão de dor é inevitável. Em menos de 1 minuto seu leito está repleto de anjos de branco que tentam até o último segundo salvar sua vida. Infelizmente já era tarde demais!No elevador eu a admiro espantoso. A expressão de dor em seu rosto finalmente foi substituída pela de conforto. Pena que pelo pior modo, ou melhor? Pelo menos pra mim foi o pior.Fico ao seu lado cada segundo. Preparo-a cuidadosamente para a sua despedida. Jurei que não derramaria nem ao menos uma lágrima, mas foi inevitável.Olhando para minha amada eu relembro cada momento nosso juntos. Desde que nos conhecemos até a nossa momentânea separação. 

Lembro do nosso namoro, nosso casamento, lembro de seu sorriso, do seu rosto jovem e de como amadurecemos juntos. Lembro também do nascimento de nossos filhos e netos. Lembro das nossas bodas e prata e também das de ouro. Mas lembro principalmente daquele dia tenebroso em que você começou a dar sinais que nos deixaria.Um AVC! Meses de internação! Intubações! Perdas de memória! UTI! Argh, relembrar me faz sofrer muito outra vez!Os médicos já nos tinham dito que não havia esperança de cura. Não tinha jeito de você se curar e voltar para o nosso aconchego. Após esses agonizantes meses eles a reinstalaram num leito comum, disseram-nos que não poderiam mais mante-la intubada no hospital. 

Era o momento de voltar para a casa sem ao menos uma melhora.Uma recaída repentina, uma súbita piora fez os doutores desistirem da ideia absurda de trata-la em casa. Novamente a UTI se tornou sua morada. Foram mais algumas semanas de sofrimento e em 15 dias um milagre parecia estar acontecendo: ela estava melhorando e com isso as nossas esperanças renasciam. Mas foi em vão!Vim visita-la. Era apenas o começo da minha visita e eu admirava sua linda face que agora estava adormecida por drogas do sono. Queria ver seu sorriso, lindo sorriso, estampando novamente seu rosto, mas este meu humilde desejo não viera a ser concedido.Eu aproveito cada segundo ao seu lado, mesmo que sua vida não esteja mais presente em seu corpo que um dia eu explorei.Mesmo sendo os últimos instantes dela ao nosso lado os "de branco" falam que será preciso lacrar sua jazida para evitar que as bactérias presentes eu seu cadáver não se proliferem, mas eu quero que todos se despesam dela e não abro mão disso. Pego todas as minhas economias e invisto num remédio que impede de espalhar a tal bactéria. 

Confesso que não foi pouco investimento, mas quando o assunto é amor não existe economia.Mesmo com o altíssimo investimento recomendam-nos a não aproximar demais do corpo, muito menos tocá-lo. Eu os ignoro. Não me importa se eu posso me contaminar, isso seria até uma boa solução para eu poder reencontrá-la rapidamente.Fico ao seu lado o máximo. Não quero deixar à leva-la. É necessário  mas não os deixo leva-la. Sou retirado a força de seu consolo. Morro em vida vendo sua jazida pela última vez. Morro em vida sabendo que nunca mais a verei!"

 Eterno e Sincero Amor
Camila Salgueiro
15 anos
Juiz de Fora- MG            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita e comentário ♥

Postagens Relacionadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...